Estamos juntos

Sala da Paz aponta graves irregularidades na repetição das eleições autárquicas moçambicanas em alguns municípios

A Sala da Paz, uma plataforma da Sociedade Civil que monitoriza os processos eleitorais em Moçambique, apontou irregularidades na ida às urnas de ontem, domingo, dia 10.

A plataforma de observação eleitoral monitorou a repetição das eleições autárquicas em quatro Municípios (Marromeu, Milange, Gurué Nacala-Porto) e considerou que houve tentativas de enchimento de urnas, duplicação de votos envolvendo os presidente das mesas e alguma parcialidade por parte da polícia.

Dércio Alfazema, coordenador da Sala da Paz, referiu à RDP África: “Estamos preocupados com este retrocesso na capacidade de organizar processos eleitorais, com este crescimento dos níveis de irregularidades. Estamos a falar de uma repetição, era suposto haver algum exercício, algum esforço, para corrigir os erros e as situações irregulares apontadas pelo Conselho Constitucional (CC) no seu acórdão, mas, em vez disso disso, as irregularidades pioraram em muitos casos.”

Alfazema apela a uma reestruturação total dos órgãos eleitorais. “Aquilo que tivemos de irregularidades, desde o dia da votação até mais ou menos a altura do pronunciamento do CC, foi feridos, actas que não foram assinadas, presidentes de mesa que estiveram desaparecidos. Uma total irresponsabilidade com um processo sério e estruturante como deve ser um processo eleitoral.”

Mais adiante, questionou-se: “É com estes órgãos eleitorais, com estes actores que nós queremos organizar estes processos? Precisamos de ser sérios e organizar definitivamente as nossas instituições ou vamos continuar a brincar à democracia e às eleições? Se assim continuarmos, os jovens ficaram decisivamente desacreditados nas eleições e vamos ter níveis de abstenção cada vez mais elevados. Tem de se tomar medidas e a começar pela responsabilização destas pessoas que andam a promover estes tipos de irregularidades porque isto não pode terminar na impunidade. Esta é a primeira medida a tomar.”

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...