Estamos juntos

Sodiam encaixa 22,3 milhões de dólares em leilão de pedras

A Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam) anunciou um encaixe de 22,3 milhões de euros com a venda em leilão de 1.329,89 quilates de diamantes em bruto.

Este foi o sétimo leilão de diamantes realizado em Luanda e contou com pedras especiais das Sociedades Mineiras do Lulo, Kaixepa, Somiluana, Catoca e Luele, segundo um comunicado da Sodiam enviado às redacções.

Os diamantes mais valiosos eram os da mina do Lulo e renderam quase 18 milhões de dólares, tendo participado no leilão 37 empresas das principais praças diamantíferas mundiais.

Segundo o presidente do Conselho de Administração da Sodiam, Eugénio Bravo da Rosa, citado no comunicado, apesar das circunstâncias adversas para a indústria diamantífera global, “foi possível arrecadar uma receita acima das expectativas dos produtores, o que demonstra que existe ainda uma procura aceitável no mercado internacional, para determinadas categorias de pedras”.

As sessões de avaliação decorreram entre os dias 3 e 10 de Outubro e a apresentação de propostas, submetidas por via electrónica, decorreu até quarta-feira, 11.

As produções comercializadas pela Sodiam resultam de 18 explorações kimberlíticas (rochosas) e aluvionares (próximas de rios) e cobrem todo o espectro de qualidades, no que respeita a tamanhos, modelos, pureza e cores.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...