Estamos juntos

PR manifesta pesar pelas vítimas das cheias no Rio Grande do Sul

O Presidente da República, João Lourenço, manifestou esta terça-feira, em Luanda, pesar pelas vítimas das cheias que se registam no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, onde mais 135 mortes foram registadas.

Os últimos balanços das autoridades apontam que os temporais e cheias que atingem a região, desde o final do mês de Abril, já causaram 136 mortos, 125 desaparecidos e 756 feridos.

De acordo com uma mensagem, endereçada ao seu homólogo brasileiro, Lula da Silva, João Lourenço esclarece que tem seguido com preocupação  e pesar a situação difícil provocada pelas cheias que se registam  e que  resultaram em graves e avultadas consequências humanas e materiais.

“Manifesto-lhe neste momento em que enfrentam esta tragédia  de proporções  preocupantes a solidariedade do povo e do governo angolano que se associam e partilham  a dor do povo irmão brasileiro”, lê-se na missiva.

Às famílias enlutadas, conclui,  em consequência  dessa catástrofe natural endereçamos as nossas mais sentidas condolências.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...